Seja bem-vindo - Quinta-Feira, 21 de Setembro de 2017 - 02:13

Ícone de Maria Porta do Céu

 

Na foto:  O quadro com o ícone Maria Porta do Céu exposto no altar do seu Santuário em CAMPINAS.

A história do Ícone Maria Porta do Céu.

Através deste texto você vai conhecer a maravilhosa história do ícone de Maria Porta do Céu, como ele surgiu, suas maravilhas, milagres e as curas que foram dadas por Jesus através do perfume que exala deste ícone, além de conhecer a história do seu primeiro Santuário que foi construído no Brasil.

A história do Ícone Maria Porta do Céu: Este ícone que se chama Maria Porta do Céu foi pintado em 1920, no Monte Athos na Grécia, a partir do original que estava em Constantinopla, na Turquia, antes do ano de 981. Ele chegou milagrosamente ao Monte Athos e foi recolhido pelos monges, que o colocaram dentro do santuário.

No dia seguinte, ele foi encontrado na porta do mosteiro, e, novamente foi recolocado dentro do santuário. Num outro dia, foi reencontrado na porta, e assim nos dias subsequentes. Mas, por que na porta? Porque seu nome é Porta do Céu. Ela quer ser realmente, a porta da Igreja. A porta dá geralmente na rua. Maria quer estar presente por onde passam aqueles que nunca colocaram os pés numa igreja. Mil anos depois, no dia 21 de novembro de 1981, dia da apresentação de Nossa Senhora ao Templo, ela começou, em Montreal, no Canadá, a derramar abundantemente um bálsamo perfumado, e isso se mantém até hoje. Este bálsamo sai de suas mãos e das de Cristo; e também da estrela que ela tem no ombro direito. Simbolizando o Espírito Santo.

Se o primeiro lugar é dado a Jesus no centro da tela, com a sua mão direita que abençoa, podemos notar que essa mão está colocada no peito de Maria, porque é através do coração de Maria que Jesus nos abençoa. O Cristo que Maria está carregando se chama “O Vitorioso”.

Muitas curas foram dadas por Jesus através deste perfume de Maria. Uma das características deste bálsamo é o de dar o gosto pela oração. Uma das grandes mensagens de Maria Porta do Céu é para que as famílias, assim como as comunidades religiosas, passem a ser “portas do céu”. Como este ícone exala o perfume da compaixão para com os outros, o perfume do Espírito Santo, como um pentecostes perfumado, ele transforma-se suavemente em bálsamo de cura.

Foi perguntada à Virgem de Medjugorje, qual era o papel deste ícone e o sentido de seu óleo maravilhoso. Ela respondeu através d’Yvan: “Este ícone é bem mais importante que as aparições porque todo mundo pode se beneficiar dela, e o óleo significa a Misericórdia para todos”. A mensagem está clara. O óleo é para despertar um ardor novo nos corações de todos os cristãos.


Referência:
História do ícone Maria Porta do Céu.
Texto: Santuário Nossa Senhora Desatadora dos Nós.

Ligações internas sobre o assunto